CONCEITUAÇÃO PARA SUCESSO

CONCEITUAÇÃO GERAL

As perguntas 21 e 22 do questionário desta pesquisa (Seção de Identificação da Organização) abordam o tema sucesso.
Conceituar sucesso em gerenciamento de projetos, de uma forma genérica, não é fácil pois este assunto tem sido aplicado nas mais diversas atividades humanas e com peculiaridades que criam significativas diferenças. Certamente, o conceito é naturalmente entendido em cada setor das organizações onde o assunto é praticado. O texto seguinte não pretende ser teoricamente preciso e de aplicação ampla sem questionamento, mas têm se mostrado adequado para os objetivos deste questionário:


Sucesso total: Um projeto bem sucedido é aquele que atingiu a meta. Isto geralmente significa que foi concluído e produziu os resultados e benefícios esperados e os principais envolvidos ficaram plenamente satisfeitos. Além disso, mas não obrigatoriamente, espera-se que o projeto tenha sido encerrado dentro das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade (pequenas diferenças podem ser aceitas).


Sucesso parcial ou comprometido: o projeto foi concluído, mas não produziu todos os resultados e benefícios esperados. Existe uma significativa insatisfação entre os principais envolvidos. Além disso, provavelmente algumas das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade foram significativamente excedidas.


Fracasso: existe uma enorme insatisfação entre os principais envolvidos ou porque o projeto não foi concluído ou porque não atendeu às expectativas dos principais envolvidos ou porque algumas das exigências previstas para prazo, custo, escopo e qualidade foram excedidas de forma absolutamente inaceitável.


EXEMPLO:


Em uma determinada organização podemos ter um setor que toca projetos para o qual temos os seguintes dados sobre os últimos 12 meses (ou último exercício fiscal):

  • Sucesso total: 50%
  • Sucesso parcial: 40%
  • Fracasso: 10%

Para o caso do questionário desta pesquisa, devemos informar apenas os valores mostrados acima para Sucesso Total e Sucesso Parcial, nas perguntas 21 e 22, respectivamente. Ou seja, não é necessária uma pergunta sobre a taxa de Fracasso visto que o total deve ser de 100% .

Voltar

CONCEITUAÇÃO PARA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

ATENÇÃO: CASO O SETOR EM QUESTÃO ESTEJA ENVOLVIDO COM PROJETOS DE ENGENHARIA OU CONSTRUÇÃO, UTILIZE OS CONCEITOS ABAIXO.

Os conceitos de SUCESSO TOTAL, SUCESSO PARCIAL E FRACASSO, para as diversas subcategorias da INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO são mostrados a seguir:

  • Subcategorias:
  1. Incorporação imobiliária
  2. Serviços (Construção Industrial, Construção Pesada) para clientes da iniciativa privada
  3. Obras Públicas e de Infra Estrutura (inclusive Construção Pesada) para clientes do setor público

Os conceitos são os seguintes.

Sucesso total: a obra terminou praticamente no prazo, escopo e orçamento previstos (diferenças insignificantes). O cliente ficou bastante satisfeito com o produto entregue. A empresa obteve o lucro esperado e não existe nenhuma pendência significativa técnica ou judicial ou trabalhista. Não ocorreu nenhum acidente grave durante a obra.

Sucesso parcial: a obra foi concluída e entregue. No entanto aconteceram fatos comprometedores (atraso significativo e/ou estouro de orçamento significativo) que diminuíram significativamente a rentabilidade da obra; ou existem pequenas pendências técnicas ou judiciais ou trabalhistas que certamente vão reduzir o lucro esperado; e/ou cliente recebeu a obra, porém não ficou satisfeito; e/ou ocorreram acidentes de trabalho, porem a taxa de gravidade dos mesmos permaneceu dentro dos parâmetros estabelecidos.

Fracasso: a obra não foi concluída ou o atraso e/ou estouro de orçamento foram tão exagerados que a obra deu prejuízo; ou existem pendências técnicas ou judiciais ou trabalhistas bastante significativas que certamente vão tornar a obra deficitária; e/ou cliente não concorda em dar aceite na obra; e/ou ocorreram acidentes graves durante a obra que mancharam a reputação da empresa.

 

Subcategoria Gerenciamento de obras

Os conceitos são os seguintes.

Sucesso total: a obra terminou praticamente no prazo, escopo e orçamento previstos (diferenças insignificantes). O cliente (interno ou externo) ficou bastante satisfeito com o produto entregue. A empresa ou área gerenciadora obteve o resultado financeiro esperado e não existe nenhuma pendência significativa técnica ou judicial ou trabalhista. Não ocorreu nenhum acidente grave durante a obra.

Sucesso parcial: a obra foi concluída e entregue. No entanto aconteceram fatos comprometedores (atraso significativo e/ou estouro de orçamento significativo) que diminuiram significativamente a o resultado financeiro esperado; ou existem pequenas pendências técnicas ou judiciais ou trabalhistas que certamente vão reduzir o resultado financeiro esperado; e/ou cliente (interno ou externo) recebeu a obra, porém não ficou satisfeito; e/ou ocorreram acidentes de trabalho, porém a taxa de gravidade dos mesmos permanceu dentro dos parâmetros estabelecidos.

Fracasso: a obra não foi concluída ou o atraso foi tão exagerado que comprometeu o sucesso do empreendimento e/ou o resultado financeiro foi deficitário; ou existem pendências técnicas ou judiciais ou trabalhistas bastante significativas que certamente vão tornar o resultado financeiro deficitário; e/ou o cliente (interno ou externo) não concorda em dar aceite na obra; e/ou ocorreram acidentes graves durante a obra que mancharam a reputação da empresa.

 

Subcategoria Engenharia (Projetos de Engenharia, ou seja, design) para clientes externos público ou privado

Os conceitos são os seguintes:

Sucesso total: o trabalho terminou praticamente no prazo, escopo, qualidade e orçamento previstos (diferenças insignificantes). O cliente (interno ou externo) ficou bastante satisfeito com o produto entregue e seu desempenho, e a empresa obteve o resultado financeiro esperado.

Sucesso parcial: o trabalho foi concluído e entregue. No entanto aconteceram fatos comprometedores (atraso significativo e/ou estouro de orçamento significativo; e/ou desempenho abaixo do esperado para o produto entregue) que diminuíram significativamente o resultado financeiro; e/ou o cliente (interno ou externo) recebeu o trabalho, porém não ficou satisfeito.

Fracasso: o trabalho não foi concluído ou o atraso e/ou estouro de orçamento foram tão exagerados que o trabalho ocasionou um resultado financeiro deficitário; e/ou o desempenho ficou muito abaixo do esperado para o produto entregue; e/ou o cliente (interno ou externo) não concorda em dar aceite no trabalho.

Voltar

 

CONCEITUAÇÃO PARA T.I.

ATENÇÃO: CASO O SETOR EM QUESTÃO ESTEJA ENVOLVIDO COM PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SW (T.I), UTILIZE OS CONCEITOS ABAIXO.


Os conceitos de SUCESSO TOTAL, SUCESSO PARCIAL E FRACASSO, são mostrados a seguir:

Sucesso total: o projeto terminou praticamente no prazo, escopo e orçamento previstos (diferenças insignificantes). O usuário ficou totalmente satisfeito, pois o produto/serviço que lhe foi entregue está sendo utilizado e realmente agregou valor ao seu trabalho;

Sucesso parcial ou comprometido: o projeto foi encerrado e o software está sendo utilizado. No entanto, aconteceram fatos comprometedores (atraso significativo e/ou estouro de orçamento significativo) e/ou a satisfação do usuário é parcial, pois o produto/serviço não apresenta todas as funcionalidades esperadas e necessárias e/ou não agrega o valor esperado ao seu trabalho;

Fracasso: o projeto foi paralisado ou o produto/serviço entregue não está sendo utilizado por não atender às expectativas dos usuários ou o atraso foi tal que implicou em perdas para o negócio. O usuário/cliente ficou profundamente insatisfeito.

Voltar